como calcular nota do enem

Saiba como calcular a nota do Enem e como usá-la!

Danielle Esteves

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é um grande facilitador para o(a) estudante que pretende ingressar em um curso superior.

A prova realizada uma vez por ano permite que os vestibulandos utilizem a média alcançada para conquistar vagas em universidades de todo o Brasil, por meio do Programa Universidade Para Todos (ProUni) e Sistema de Seleção Unificada (SiSU). 

Também é possível conseguir boas condições de financiamento em instituições particulares com o Programa de Financiamento Estudantil (Fies). Algumas universidades até substituem os tradicionais vestibulares pela prova do Enem, tornando-a ainda mais importante.

Mas, o cálculo dessa média pode ser um pouco complexo. Para concorrer a uma vaga pelo ProUni ou pleitear financiamento pelo Fies, os candidatos devem obter média superior a 450 pontos, sem zerar a redação. Já no SiSU, cada instituição pode definir pesos específicos para as matérias, de acordo com o curso pleiteado.

Quer saber como calcular a nota do Enem e saber como usá-la? Siga em frente no nosso artigo e boa leitura!

como calcular nota do enem (2)

O cálculo do Enem na prática

É recomendado aos candidatos que aprendam a calcular a nota do Enem para que possam acompanhar o processo seletivo para os cursos desejados. Acompanhe os cálculos abaixo e aprenda a utilizar a sua nota do Enem:

  • Para ProUni e Fies: média simples. Nesses casos, a média é calculada somando a nota das cinco provas, incluindo a redação, e dividindo por cinco. Exemplo: um(a) aluno(a) que conseguiu 759 pontos em Matemática e suas Tecnologias, 976 pontos em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, 865 pontos em Ciências Humanas e suas Tecnologias, 643 pontos em Ciências da Natureza e suas Tecnologias e 986 pontos na redação, teve uma média de 845 pontos e poderá ingressar em qualquer um dos programas.
  • Para SiSU: média complexa. Nesse caso, a média é calculada somando a nota de todas as provas, multiplicadas pelos cinco pesos, e dividindo pela soma dos pesos estipulados pela universidade. Exemplo: o(a) mesmo(a) aluno(a) acima está concorrendo a uma vaga no curso de Engenharia da universidade X, que define peso 3 para a prova de Matemática e suas Tecnologias, peso 2 para a prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e peso 1 para as demais avaliações. Com a pontuação do exemplo anterior, ele(a) teria média de 840 pontos.

Como consultar as informações sobre a nota do Enem?

As universidades que adotam o sistema de peso são obrigadas a divulgar os valores e a chamada nota de corte, nota mínima para concorrer a uma vaga, em seus portais.

As informações também podem ser consultadas quando a inscrição é feita no SiSU. Considerando que a nota de corte da universidade X tenha sido inferior à sua pontuação, o(a) aluno(a) também passaria.

Como usar a nota do Enem?

A nota máxima necessária para estar apto a concorrer vagas depende de como funciona cada programa. Mas, em geral, considera-se ideal a média superior a 500 pontos. O próximo passo, após ter a média em mãos, é fazer a inscrição na categoria desejada.

As vagas noturnas são mais concorridas, e há cursos específicos com um grande número de candidatos por vaga, como é o caso da Medicina. Por isso, todos os vestibulandos devem fazer a prova do Enem com calma e segurança para garantir bons resultados.

Agora que você já sabe como calcular sua nota, que tal ir se preparando, estudando bastante, para ir bem no exame?

 Saiba como se preparar para o Enem

Mais Posts

RECEBA NOVIDADES SEMPRE!

Inscreva-se em nossa Newsletter.

Screen Shot 2018-11-06 at 16.04.14
Compartilhe nas suas redes sociais.